Whisky 

 

Adega Paulo da Fonseca orgulha-se de representar as melhores marcas de whisky. Whisky é uma bebida destilada da fermentação do malte. O malte, por sua vez, é um grão que germinou e depois secou. Existem 4 principais diferenças entre os tipos de whisky: o grão utilizado, o processo de produção, a origem de fabricação e o tempo de maturação. A primeira evidência da destilação na Escócia data do século XV e o primeiro whisky era uma bebida muito usada como medicamento no tratamento de diversas doenças. Originalmente produzido por monges, a produção de whisky passou para as casas e quintas do povo Escocês após o encerramento dos mosteiros ordenado pelo rei Henrique VII. O tempo passou e o processo de produção dos whiskies foram refinados, tornando a bebida praticamente num “alimento básico” na Escócia.

Resumo dos Tipos de whisky - Whisky Escocês: Para ser considerado um whisky escocês, a bebida deve ser feita na Escócia, com cevada ou grãos maltados e envelhecida em barris de carvalho no mínimo 3 anos; Whiskey Irlandês: Mais frutados e levemente apimentados, são elaborados a partir de uma mistura de cevada não defumada e não tostada e são triplamente destilados, tornando-os mais suaves; Whisky Japonês: Em menos de um século de história (tem sido fabricado desde 1920), o whisky japonês conseguiu superar fabricantes tradicionais e, em 2014, foi considerado o melhor whisky do mundo. Produzido de forma semelhante ao whisky escocês, os whiskies da destilaria Yamazaki passam por um processo de fermentação mais prolongado e a sua maturação passa também por barris de carvalho japonês; Whiskies Americanos: Os whiskies americanos são divididos em três categorias principais, o Bourbon, o Tennessee e o Rye (que também é produzido no Canadá). Na primeira categoria, são 3 variedades diferentes: o Bourbon (feito de grãos maltados, sendo que no mínimo 51% deles devem ser milho), o Straight Bourbon (envelhecido no mínimo dois anos e sem aditivos, como sabores ou corantes) e o Blended Bourbon(que pode incluir outras bebidas alcóolicas e sabores). O Tennessee possui um método de produção idêntico ao Bourbon, a diferença está no processo de filtragem numa espécie de melaço, adicionando um sabor ainda mais adocicado.